Concecte-se ao Facebook Racecross Concecte-se ao Twitter Racecross Concecte-se ao Linkedin Racecross Concecte-se ao Google+ Plus Racecross Concecte-se ao Canal Youtube Racecross
Coluna, Do Regional ao Mundial com Vinicius Schwamberger
Conteúdo por Vinicius S- Tiago Wolff | sexta-feira, 20 de fevereiro de 2015 | Categoria AMA


Vinícius Schwamberger e Tiago Wolf, comentam o que rolou de melhor na quinta, sexta, e sétima etapas do AMA Supercross 2015. E também tudo o que de melhor aconteceu nos campeonatos da pré-temporada Europeia, que reuniu os melhores pilotos do Mundial de MX 2015.


 Olá pessoal, já estamos de volta!

E sem mais delongas vamos começar com o AMA Supercross, abaixo escrevo em resumo tudo o que aconteceu na quinta, sexta e sétima etapas do campeonato.
Pela quinta etapa, que foi realizada no dia primeiro de fevereiro em Anaheim, Califórnia os vencedores foram Ryan Dungey #5 na 450SX e Cooper Webb #17 na 250SX.


Pela categoria 250SX nenhuma surpresa, já que Cooper Webb já havia vencido outras etapas e se mantém na liderança do campeonato.
cooper
Cooper Webb e seu #17 mais vermelho do que nunca, na liderança do campeonato.

 Já na 450SX tivemos uma “surpresa” no vencedor da etapa, surpresa porque apesar de Ryan Dungey ser o líder da classificação geral, o piloto da KTM número #5 ainda não tinha vencido uma etapa nesse ano, só era líder por sua consistência dentro das pistas.

rdunguey
Dungey se distanciou ainda mais na liderança do campeonato.


A sexta etapa aconteceu no dia 8 de fevereiro em San Diego, na Califórnia e sagrou vencedores Trey Canard #41 na 450SX e mais uma vez Cooper Webb #17 na 250SX.


Cooper Webb o favorito para faturar a classe 250SX da costa oeste venceu mais uma e se distanciou ainda mais na liderança do campeonato. O piloto da Yamaha tem largadas razoáveis mas logo consegue as ultrapassagens até a liderança, quando está na ponta mantém a consistência até o final das 20 voltas da bateria.
cooper17

Webb ficará com o number plate vermelho por pelo menos mais 7 semanas, uma vez que o campeonato da costa oeste dá lugar para as 7 primeiras etapas do campeonato da costa leste.


 Na 450SX o vencedor da noite foi Trey Canard com sua Honda #41. Ele venceu pela segunda vez nessa temporada. Canard largou em segundo, atrás de Roczen #94, logo fez a ultrapassagem em cima do Alemão da Suzuki e se manteve na liderança até o fim.
roczen

Roczen #94 seguido de perto por Canard #41 no início da prova.


 Arlington, no estado do Texas recebeu a 7ª etapa da classe 450SX e a primeira da classe 250SX da costa leste, na 450SX novamente o mister consistência Ryan Dungey #5 venceu. E pela 250SX com todos os pilotos renovados Marvin Musquin #25 foi o vencedor.
dunguey

Ryan Dungey #5 está cada vez mais longe do segundo colocado Ken Roczen #94 no campeonato da 450SX.


mmunsquin
A equipe RedBull/KTM Racing fez dobradinha nas corridas e também nas comemorações na noite do dia 15 de fevereiro no Texas. Marvin Musquin #25 voltou a vencer com estilo na abertura do campeonato 2015 da costa leste do AMA SX.



Após as 7 primeiras etapas do campeonato a classificação dos 3 primeiros da categoria 450sx está assim:



450SX:
1. Ryan Dungey #5 - 152 pontos
2. Ken Roczen #94 - 140 pontos
3. Trey Canard #41 - 129 pontos.



 250SX (costa oeste) após 6 etapas:

1. Cooper Webb #17 - 136 pontos
2. Jessy Nelson #28 - 106 pontos
3. Tyler Bowers #911 - 104 pontos



250SX (costa leste) após a primeira etapa:

1. Marvin Musquin #25 - 25 pontos
2. Justin bogle #1 - 22 pontos
3. Joey Savagty  #37 - 20 pontos


A oitava etapa da 450SX e segunda da 250SX acontecem nesse sábado (21/02) em Atlanta na Geórgia.


Segunda parte, By Tiago Wolff – Racecross


Enquanto o AMA Supercross vai pegando fogo, a pré-temporada na Europa foi marcada por chuvas e provas com pista difícil e pesada. No Internationale de Italia, vários pilotos tiveram altos e baixos e após três provas.
Cairolli
Antonio Cairolli carimbou mais um título, mostrando regularidade e velocidade na medida certa. David Phillaperts mostrou boa velocidade com sua Yamaha, chegou a ganhar uma bateria, teve problemas na moto em outra e mostrou que ainda esta em boa forma.
Outro piloto que mostrou boa velocidade mas não finalizou bem, foi o Alemão Max Nagl, que se destacou na segunda etapa, mas na se enroscou com o Russo Evgeny Bobryshev e deu adeus ao título. Ken De Dycker fez uma boa prova na final, mas com uma quebra no mínimo estranha, abandonou na ultima volta, deixando a vitória nas mãos de Cairolli. Tommy Searle mostrou boa intimidade coma KTM e andou na frente de vários pilotos mais experientes e finalizou como vice-campeão na categoria Elite.  

Para quem também é viciado em Vídeos, o Canal Offroadproracing fez a cobertura completa, com vídeos das provas e bastidores da competição.


http://www.youtube.com/user/Offroadproracing

clementd25
Os Pilotos da equipe Suzuki, marcaram presença em provas na Inglaterra e na França.   No Hawkstone International Motocross, disputada no dia 08 de Fevereiro, teve o domínio de Kevin Strijbos que venceu as três baterias principais
, seguido por seu companheiro de equipe Clemente Desalle.
 
Na MX2, Jordi Tixer mostrou que se adaptou muito bem a Kawasaki, onde dominou as provas da sua categoria e ainda ficou em terceiro na superfinal, deixando para traz o pessoal das 450cc, mesmo com pista bem pesada.

Para quem gosta de vídeos, sem duvida vai perder o folego com a produção feita na etapa, com estilo de cinema e muita qualidade.



Na França tivemos o Motocross Internacional de Valence disputado no dia 15/02. Mais uma vez a chuva e a lama dificultaram a vida dos pilotos. Clement Desalle deu o “Troco” no seu companheiro de equipe e venceu as duas baterias da MX1. Na Soma dos resultados, Xavier Boog ainda ficou na frente com segunda colocação, com um terceiro e um segundo lugar.
Pauljonas
Pela MX2, Paul Jonas da KTM dominou as duas baterias, mostrando muita habilidade na lama, venceu sem ser ameaçado.


Resultados

MX1 (Soma das baterias)
1. Clement Desalle
2. Xavier Boog
3. Shaun Simpson
4.
Kevin Strijbos
5. Gautier Paulin

MX2 (Soma das baterias)
1. Pauls Jonass
2.
Dylan Ferrandis
3. Jordi Tixier
4. Alexander Tonkov
5. Jérémy Seewer

No final do dia (Sexta-feira 20/02) recebemos a noticia de que a Paulista Steffany Serrão confirmou na presença na abertura do Mundial de Motocross, onde vai disputar a categoria WMX, ao lado das principais pilotos da Mundo.



***VÍDEOS***


Veja abaixo alguns vídeos das etapas citadas acima:


Tombo forte de Tracy Morgan nos treinos para a abertura da 250SX costa Leste:
 https://www.youtube.com/watch?v=YdGkXEBBSQI

Vídeo mostra o Cooper Webb de 2015: https://www.youtube.com/watch?v=vc530u45W5I

 
Carona com Ken Roczen #94 na quinta etapa:  https://www.youtube.com/watch?v=IL76p8CkyhQ

Equipe Yoshimura Suzuki Factory Racing na sétima etapa em Arlington:

https://www.youtube.com/watch?v=-1Wq6VXQsOg


Animação da pista em Atlanta onde acontecerá a oitava etapa no próximo sábado (21/02): https://www.youtube.com/watch?v=rXdMO1k95qc

Valeu galera, obrigado pela atenção espero que tenham gostado da quarta edição “do Regional ao Mundial” aqui no site.


Não esqueçam de curtir as nossas páginas no facebook: a minha é Motocross Brusque: https://www.facebook.com/motocrossbrusque2014?fref=ts


E a do site é Racecross: https://www.facebook.com/racecross





Conteúdo e Administração do site: Tiago José Wolff | Desenvolvido por Redwave Anderson S. Silva